Para sobreviver à inteligência artificial, trabalhadores precisam aprender novas habilidades, alertam especialistas em Davos